ENTENDA MAIS SOBRE O PREÇO DO OURO

 

A alta do preço do ouro traz uma oportunidade perfeita para ganhar uma renda extra para quem está precisando de dinheiro. É a hora de desapegar daquelas joias paradas em casa. Mas aí bate aquela dúvida “quanto vale o meu ouro?”. E a resposta é que depende. O preço do ouro varia muito e o comprador poderá ter interesse em sua peça para fundir e recuperar o ouro ou revender. Por isso montamos esse artigo explicativo, de como o avaliador poderá chegar no valor de seu ouro.

Cotação da grama do ouro

Os compradores de ouro baseiam sua oferta na cotação do grama do ouro no dia. Essa cotação é dada inicialmente em dólar, pois o valor é definido pelo mercado internacional. Para sabermos o valor do Ouro aqui no Brasil, convertemos para o nosso Real. Por isso, o valor do grama do ouro é impactado diretamente pelas variações do dólar.

A cotação para a compra de ouro usado, normalmente varia de R$ 110,00 a R$ 150,00 por grama de ouro.
É importante esclarecer que o preço de venda do ouro usado não será sempre o mesmo da cotação do ouro no dia, pois pode variar de acordo com os quilates da peça. A cotação do ouro no mercado internacional é dada sobre o ouro em seu estado puro, mas as joias raramente são fabricadas com ouro puro, normalmente possuem algum outro metal para dar mais resistência (explicamos tudo direitinho aqui nesse artigo).

Quilates do ouro

Primeiramente será avaliado a pureza do seu ouro de acordo com os quilates. O quilate do ouro, representado pela letra K, especifica a quantidade de ouro presente na joia. Saiba que nem todas as joias são feitas com ouro puro, pois durante a fabricação, pode ser acrescentado algum outro metal ao ouro. Quanto maior os kilates, maior a pureza do ouro em relação aos demais materiais que compõe a jóia. Podendo ser de 9k,10k,14k,18k (ouro português) ou 24k (o mais puro ou ouro fino,ouro mil). Normalmente, as joias finas são fabricadas no Brasil em ouro 18k, e seu valor é um pouco inferior ao ouro de 24k (separamos nesse texto aqui tudo bem explicadinho sobre as diferenças de quilates de ouro).

Se você tem dúvida sobre os kilates do seu ouro, verifique se existe alguma marcação gravada na peça, informando o número de kilates. Geralmente é bem pequena e com o tempo a gravação pode ficar muito fraca, quase imperceptível.

Se não achar uma marcação, você pode ir a qualquer joalheiro fazer um teste de quilatagem. O teste é rápido, feito com um ácido especial para esse fim. O joalheiro irá lixar uma pequena área da sua peça e pingar um ácido, para ver se o ouro escurece ou não. Dependendo do grau de escurecimento, é determinado a pureza do seu ouro. Há outros testes que podem ser aplicados, mas esse costuma ser o mais usado. 

Características da peça

Algumas características na peça que está sendo vendida poderão aumentar ainda mais a oferta do avaliador. Por exemplo, caso seja de alguma marca famosa, possua um design exclusivo ou tenha pedras preciosas cravadas (como diamantes, esmeralda, turmalina paraíba, rubi, safira e etc). É importante que nesses casos, a peça esteja em bom estado de conservação. Assim, se o interesse do avaliador for em fazer a revenda da joia, o valor oferecido poderá ser mais alto. 

 

Avaliador de ouro

Um avaliador profissional irá levar em consideração todos os detalhes da sua peça, além do peso do ouro. Neste momento ele irá analisar minuciosamente a sua jóia e as informações fornecidas por você, para chegar ao valor que ela vale. Ele poderá pedir para fazer um teste de quilates em sua peça, para saber a pureza do seu ouro. Se possível, peça para que o teste seja feito na sua frente, assim poderá acompanhar o resultado. Para a certeza de uma avaliação confiável, leve em um joalheiro experiente, que forneça um local seguro e transmita seriedade em seu trabalho. Evite ruas de aglomerados de compradores de ouro, coloque sempre sua segurança em primeiro lugar. 

Faça uma avaliação

Melhor preço